domingo, 21 de agosto de 2011

EXERCICIO PRÁTICO PARA A TURMA DE 2 ANO - QUINTA E SEXTA FEIRA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: MOVIMENTOS LITERÁRIOS
·        Objetivo: Levar o aluno a pesquisar os movimentos de vanguardas da literatura brasileira.
·        Duração da atividade: 80 mon.
·        Resultados esperados: tentar contextualizar as informações do assunto abordado
·        Revisar conteúdos anteriores
·        Participação frequencial

Exercícios - Realismo - Naturalismo

1. O romance realista apresenta suas características específicas, definidoras das tendências da época e da escola literária. É possível, entre aquelas, apontar o fato de que ele:
a) analisa pormenorizadamente as vicissitudes das personagens que viveram um drama histórico, espelho da realidade da nação.
b) se constrói em torno da análise dos caracteres, equacionados com a visão mais profunda de sua realidade interior e de sua fisionomia moral.
c) dá relevo à paisagem social e física em que se passa a história, constituindo-se o conjunto uma crônica amena dos costumes da época.
d) procura retratar os ambientes, considerando desnecessária a análise psicológica das personagens e das motivações internas de seus atos.
2. Ao escritor realista interessam, sobretudo, os conflitos:
universais, que espelham os problemas humanos desvinculados das relações possíveis com o momento histórico.
de natureza individualizadora, que permite aprofundar a análise psicológica dos personagens.
que permitem à obra tornar-se politicamente combativa e comprometida.
originários da relação do homem com seu meio ambiente.
3. Os escritores realistas e naturalistas, preocupados com as causas, determinam o comportamento do homem, criam, no mais das vezes, personagens:
cujas ações e psicologia são determinadas por forças atávicas e sociais.
de personalidade firme, cujo comportamento diante da vida não decorre de postura subjetiva.
lúcidas o suficiente para perceberem, através de constante autocrítica, as raízes e causas dos erros que cometem.
cujo comportamento é invarialmente patológico, em decorrência de optarem sempre pela marginalidade.
4. Memórias Póstumas de Brás Cubas é considerado o romance divisor de águas da obra machadiana, porque, a partir dele, o autor:
assume de vez a visão da realidade, apenas esboçada nos romances da chamada primeira fase.
se insere na estética naturalista, ao denunciar as mazelas sociais, os casos psicológicos patalógicos e os aspectos mais repugnantes da realidade.
antecede as conquistas modernistas, com uma postura crítica diante da civilização industrial e uma atitude de denúncia das misérias do mundo rural.
desmitifica as idealizações românticas e assume uma visão crítica que, despindo as aparências que encobrem a realidade, busca as razões últimas das ações humanas.
5. Assinale a alternativa falsa a respeito de O Cortiço.
várias personagens exemplificam as teses do romance naturalista
na obra narram-se aspectos da vida coletiva
as personagens têm, geralmente, grande profundidade psicológica
Miranda e João Romão representam um contraste social
6. As preocupações científicas do Naturalismo orientam-no a:
ocupar-se de aspectos patológicos da conduta humana, tais como taras, desvios, miséria externa, desequilíbrios psicológicos.
fazer que a literatura despreze a participação das emoções na urdidura da trama narrativa.
contemplar seguidamente os fenômenos naturais e buscar o sentido do universo em uma ordem cósmica e universal.
copiar a natureza tal e qual os sentidos, a razão e a intuição permitem apreendê-la.
7. Qual destas afirmações não se aplica a uma classificação de Dom Casmurro como romance?
de costumes
urbano
psicológico
memorialista
8. Foi no romance ____________ que Aluísio Azevedo atinou de fato com a fórmula que se ajustou ao seu talento. Não montou um enredo em função de pessoas, mas de cenas coletivas de tipos psicologicamente primários:
O Homem
A Mortalha de Alzira
Uma Lágrima de Mulher
O Cortiço
9. O melhor romance de Aluísio Azevedo tem, como tema, uma habitação coletiva fluminense (favela) nos fins do século XIX e por personagem principal João Romão. Este romance é:
Casa de Pensão
O Coruja
O Cortiço
O Mulato
10. Nasceu no Maranhão em 1857 e morreu em Buenos Aires, em 1913. Foi caricaturista, romancista, teatrólogo, diplomata. Projetou-se em 1881, quando publicou O Mulato, primeiro romance naturalista da literatura brasileira; um romance de tese, no qual analisa a marginalidade do mulato brasileiro. O autor a que se refere o texto é:
Aluísio Azevedo
Raul Pompéia
Álvares de Azevedo
Júlio Ribeiro
11. Capitu revela um sentimento inconfessável pelo defunto, diverso da piedade e do amor ao próximo. O marido, narrador obcecado pela esposa, observa-lhe todos os gestos e desvenda neles:
o assassinato
o ciúme patológico de Capitu
o adultério
o amor entre Sancha e Capitu
12. Examine as frases abaixo:
        I.   Os representantes do Naturalismo fazem aparecer nas suas obras dimensões metafísicas do homem, passando a encará-lo como um complexo social examinado à luz da psicologia.
        II.  No Naturalismo as tentativas de submeter o homem a leis determinadas são conseqüências da aplicação, à literatura, do experimentalismo, que caracterizou as tendências das ciências, na segunda metade do século XIX.
        III. Na seleção de casos a serem enfocados, os naturalistas demonstraram aversão pelo anormal e o patológico.
Pode se dizer corretamente que:
só a I está correta.
só a II está correta.
só a III está correta.
existem duas corretas.
13. Qual a alternativa que contém todas as características do romance naturalista enumeradas neste conjunto?
1. vulgaridade; 2. atmosfera de sonho; 3. idealização do herói; 4. cientificismo; 5. espírito de aventura; 6. contemporaneidade; 7. predomínio da observação; 8. narrativa lenta, em prosa; 9. o homem enquanto indivíduo; 10.concepção mecanicista do mundo.
3, 4, 6, 7, 9, 10
1, 4, 5 , 7, 9, 10
3, 4, 7, 8, 9, 10
1, 4, 6, 7, 8, 10
14. Associe:
        1. O Mulato
        2. A Carne
        3. A Normalista
        4. Dom Casmurro
       
        ( )   Machado de Assis
        ( )   Adolfo Caminha
        ( )   Júlio Ribeiro
        ( )   Aluísio Azevedo
4, 3, 2, 1
4, 3, 1, 2
3, 4, 2, 1
n. d. a.
15. Assinale a alternativa em que está incorreta a relação autor-obra-personagem:
Manuel Antônio de Almeida - Memórias de um sargento de Milícias - Leonardo
Joaquim Manuel de Macedo - A Moreninha - Carolina
Raul Pompéia - O Ateneu - Carlos
Aluísio Azevedo - O Cortiço - João Romão

1) (Mackenzie) - Assinale a alternativa que não se refere ao Simbolismo.

a) Na busca de uma linguagem exótica, colorida, musical, os autores não resistem, muitas vezes, à idéia de criar novos termos.
b) Ocorre grande interesse pelo individual e pelo metafísico.
c) Há assuntos relacionados ao espiritual, místico, religioso.
d) Nota-se o emprego constante de aliterações e assonâncias.
e) Busca-se uma poesia formalmente perfeita, impassível e universalizante.

2) (Cescem) - Um dos aspectos que faz com que a poesia simbolista se contraponha frontalmente ao Parnasianismo é:

a) o predomínio da linguagem denotativa sobre a figurada, como tentativa  de exprimir com mais clareza as ambigüidades da alma.
b) a consideração do poema como um produto artístico, resultante de um processo lógico e analítico de interpretação do real.
c) a visão materialista do mundo, adequadamente expressa por uma linguagem eivada de sugestões plásticas que acentuam a idéia de sensualidade.
d) a adoção de uma postura subjetiva diante da realidade, expressa por uma linguagem rica de associações sensoriais.
e) o abandono do soneto, que, como forma poética fixa, passa ser considerado impróprio para exprimir a fluidez onírica.
3) (Cescem) - O Simbolismo enveredou por caminhos algumas vezes semelhantes aos Romantismo; é o que se pode depreender do fato de que os autores simbolistas, via de regra: 

a) aceitaram que o real é aquilo que está refletido na consciência individual.
b) asumiram uma postura esteticista, cultuaram a forma e a expressão ortodoxa.
c) utilizaram uma linguagem enxuta, direta e contundente, que dizia a expressão de seus temas ao essencial.
d) adotaram uma expressão oralizada, valendo-se dos recursos da fala popular.
e) impuseram à literatura uma concepção positiva do mundo, segundo a qual o homem exprime as contradições e grandezas da sociedade em que vive.

4) (Cescem) - O texto que segue aponta características do Simbolismo.
"Nem a idéia clara, nem o sentimento preciso, mas o vago do coração, o indeciso dos estados da alma."
Com base nessas propostas, aponte o excerto que pertence a esse movimento estético.

a) "Era um casarão sombrio, a casa da fazenda. Além de escura e abafada, recendia a um cheiro esquisito".
b) "A catedral ebúrnea do meu sonho
Aparece na paz do céu risonho
Toda branca de sol".
c) "Lá nas areias infindas,
das palmeiras do país,
Nasceram - crianças lindas,
Viveram - moças gentis..."
d) "Pois direi-me agora da grandeza, com que já me tendes ameaçado, desta província chamada Brasil, ou Terra de Santa Cruz".
e) "Vontade de dormir. Fumaça de chaminé transformada em lençol branco, cama macia de fazer água na boca."

5) (Fac. Bandeirantes-PR) - O Simbolismo caracterizou-se por ser:
a) positivista, naturalista, cientificista.
b) antipositivista, antinaturalista, anticientificista.
c) objetivo, racional.
d) volta aos modelos greco-latinos.
e) subjetivista, materialista.

6) (Fuvest) - - Perdida voz que de entre as mais se exila,
- Festões de som dissimulando a hora."
Os versos anteriores são marcados pela presença ....................... e pela predominância de imagens auditivas, o que nos sugere a sua inclusão na estética ...................... .
Assinale a alternativa que completa os espaços.

a) da comparação - romântica
b) da aliteração - simbolista
c) do paralelismo - trovadoresca
d) da antítese - barroca
e) do polissíndeto – modernista

7) (Uelondrina) - "Faz descer sobre mim os brandos véus da calma,
Sinfonia da Dor, ó Sinfonia muda,
Voz de todo meu Sonho, ó noiva da minh'alma,
Fantasma inspirador das Religiões de Buda."
A estrofe acima é de Cruz e Souza, e nela estão os seguintes elementos típicos da poesia simbolista:

a) realidade urbana, linguagem coloquial, versos longos.
b) erotismo, sintaxe fluente e direta, ironia.
c) desprezo pela métrica, linguagem concretizante, sátira.
d) filosofia materialista, linguagem rebuscada, exotismo.
e) misticismo, linguagem solene, valorização do inconsciente. 

8) (Ufes) - Maior importância conferida às sensações produzidas pelas coisas do que às coisas em si, visão do tempo como algo que não se pode captar e aparência fugidia das pessoas, objetos e paisagens são algumas das características de um estilo de época que se conhece como:

a) Romantismo.
b) Parnasianismo.
c) Simbolismo.
d) Impressionismo.
e) Modernismo.

9) (Cescem) - "É, mais pedras, mais pedras se sobreporão às pedras já acumuladas, mais pedras, mais pedras, mais pedras... Pedras destas odiosas, caricatas e fatigantes civilizações e sociedades... E as estranhas paredes hão de subir - longas, negras, terríficas! Hão de subir, subir mudas, silenciosas, até às Estrelas, deixando-te para sempre perdidamente alucinado e emparedado dentro do teu Sonho..."
É comum, durante o Simbolismo, a criação de textos como o acima transcrito. Com base nesse excerto de Cruz e Souza podemos dizer que se trata de:

a) uma crônica historiográfica.
b) uma tragédia em moldes clássicos.
c) um romance em que predomina a descrição
d) um poema em prosa.
e) uma sátira aos costumes.

10) (Cescem) - "Ó lua, triste, amargurada,
fantasma de brancuras vaporosas,
a tua nívea luz ciliciadas
faz murchecer e congelar as rosas."
A luz difusa, esbate difusa, esbatendo as linhas e diluindo as formas, produz uma transfiguração do objeto, o que caracteriza o ___________ e o faz aproximar-se do______________.

a) Romantismo - Modernismo
b) Simbolismo - Impressionismo
c) Realismo - Surrealismo
d) Simbolismo - Naturalismo
e) Romantismo – Realismo 
11) (PUC - Campinas) - "Ah! Plangentes violões dormentes, mornos
Soluços ao luar, choros ao vento...
Tristes perfis, os mais vagos contornos,
Bocas murmurejantes de lamento." 

O texto acima é um fragmento da obra Violões que choram, de autoria de:

a) Cruz e Souza
b) Alphonsus de Guimaraens
c) Ciro dos Anjos
d) Augusto dos Anjos
e) Francisca Júlia

Um comentário:

Thata Santana disse...

gente colaca o gabarito por favor!